segunda-feira, 1 de março de 2010

Culto e Grosso-Pé Quente, Cabeça Vazia




Minha crítica à modernidade não é arrogância. O povo que anda muito 'bunda' hoje em dia mesmo. E os que mais se acham são os mais 'bundas'.

Pessoas bonitas, bem vestidas, descoladas, levando uma máscara de moderno, cult, alternativo, sabe tudo, não se importa com nada, enfia o blasé na bunda e volta para o colinho da mamãe, moleque rebelde.

Pessoas decorando cânones do que te fará parece legal perante os outros Múmias 2.0, pessoas querendo parecer sábias, pessoas dizendo 'meu gosto é mais obscuro que o teu', pessoas comentando diretores, autores, músicos, sempre os mesmos, sempre sem saberem do que estão falando, enfia o cool na bunda e volta para o colinho da mamãe, guria transada.

Pessoas que dizem 'é para poucos', 'é para exclusivos', que reclama do gosto alheio, que reclama que o mundo está ruim, que reclama que o povão é ignorante, que se acha o maioral por dizer que conhece algo, que gosta de algo, que viu algo, enfia a falsa sabedoria na bunda e volta para o colinho da mamãe, riquinho mimado.

Pessoas que se vestem como se morassem na Europa em pleno calor de verão, pessoas que ficam catando nomes para cuspir como quem come farofa e fala de boca cheia, farofa é o que eles consome, farofa é o seu gosto raso, enfia a falta de profundidade na bunda e volta para o colinho da mamãe, pagador que é pobretão coitado.

Bom é gostar por gostar, não por querer se mostrar. Bom é ser 'pica' para gozar fudendo com os 'bundas'.

Ismael 'Fly' Al. Schonhorst

6 comentários:

  1. saber tudo e não saber nada... ter vergonha de dizer que não conhece... gozar com a piroca alheia! é isso!

    ResponderExcluir
  2. Concordo com tudo! Só faltou uma palavrinha pra esse bando: posers. Essa gente que se acha cult, alternativo, na real só querem estar "na moda", mas não passam de mentes vazias (e sujas, haha). Acham que a moda hoje é ser assim, que é a moda que determina quem és, e não sua personalidade. Acho muito ridículo quando vejo pessoas cuja aparência não enganam, dando uma de "wow rock n' roll". Enfim! Também me revolto, assim como você. =)

    Good post, kisses!

    ResponderExcluir
  3. Fly e seus textos fodões e que sempre dizem o que queremos dizer mas não sabemos como. Acho foda a maneira desse cara se expressar. Muito bom mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Concordei não...
    Acho boas as musicas da Mallu, talento ela tem, pode até não ser um genio mas tem talento.
    Quanto a ter um estilo ou ostentar uma personalidade, super normal, voce se comunica com as pessoas atraves de roupas, falas e etc é manisfestação da arte de um movimento que se quer representar do qual se quer fazer parte, não consigo entender onde esta o pecado aí.
    Quanto ela ser arrogante não a conheço o suficiente para afirma isso mas a mim não passa tal impressão. Nascer rico é errado?

    ResponderExcluir
  5. rosceli, tentei entrar em contato contigo diretamente, mas teu perfil não existe. Espero que voltes atrás de uma resposta. O texto não tem motivação nenhuma em opinar sobre Mallu Magalhães. O uso da imagem dela foi apenas uma paródia. Claro, como paródia vem um discurso por trás, no caso, usei ela como mártir na postagem, mas por 'ela' digo a sua imagem, a representação usual dela, não ela como pessoa ou como artista, muito menos falei de sua condição social.Nascer rico é errado? De forma nenhuma, mas isso seria assunto para outro texto. Este texto em particular foi sobre estereótipos sociais e sobre a necessidade que se tem de afirmação para os outros na pós-modernidade. Releia, e depois volte a comentar, se possível. Obrigado pelo comentário, de qualquer forma.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...