quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Sujos Factual - Amores de borracha e garotas pictóricas


Como diz o cantor Lobão: é com enorme paudurecência que eu começo esta matéria

O clima carnavalesco contagiante e lascivo que vivemos na Ilha de Vera Cruz anualmente, chega a sua mais nova versão. Seja nas Escolas de samba tradicionais no Rio de Janeiro, ou no carnaval de Salvador, que rola desde 1500, a maioria dos brasileiros comungam das comemorações de momo com muita irreverência e animação.

Mas não é necessariamente sobre carnaval que se trata a substância deste texto. O que iremos fazer na verdade é um gancho entre este ritmo de festa com o tema da indústria do sexo!


A milionária indústria do sexo, aproveita-se da reificação inerente ao sistema de produção econômica que a humanidade escolheu para si. Com a volatilidade dos vários desejos e paixões, construídos neste paradigma coisificador, os empresários do ramo beneficiam-se, deveras, com o fetichismo sexual.


1. Para se ter idéia, durante a crise econômica a indústria do sexo foi um dos poucos segmentos da “indústria cultural” que não sofreu com as intempéries da bancarrota globalizada. De acordo com uma pesquisa da Information Resources Inc. replicada pelo site Advertising Age, no primeiro trimestre de 2009, a venda de lubrificantes íntimos aumentou cerca de 32%.

Produtos de "aprimoramento sexual" (como vibradores) foram ainda além e atingiram receita de US$ 10,1 milhões. Frente à 2008, isso significa 74% de crescimento. Quem tiver interesse em tornar-se um empreendedor do ramo pode inteirar-se nas palestras que serão ministradas na 16ª Erótika Fair entre os dias 09, 10, 11, 16, 17 e 18 de Abril/2010. Segue o link do evento:

http://www.erotikafair.com.br/ef16/index.html

THE LINGERIE DAY








TRAILER - Lars And The Real Girl
video

Carlos Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...