quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Contos Sujos - 5 minutos ou mais - Parte 2


Se você não está acompanhando este conto, a primeira parte está logo aqui em baixo. se está, manda bala na segunda:

Decidiu por rum. O efeito seria mais rápido, e pelo preço, conseguiria pagar a entrada do Latin com folga. Encostou o Cadillac na porta do clube. Parecia animado. A música vazava para o lado de fora. O ritmo era rápido. A fila porém, um pouco longa.

Decidiu arriscar. Enquanto esperava, dava tragos no rum. O preço tinha exatamente o valor da qualidade do produto. Nem misturando a melhor tônica, ou qualquer outra coisa, aquilo ficaria decente. Quente, parecia ser ainda pior. Mas Zak contiuou bebendo.

Quando entrou no Latin, sua cabeça girava. Sua visão embaralhava, misturando luzes e cores. A música parecia uma batida única. As pessoas, uma massa uniforme. No meio de tudo aquilo distinguiu algo. Algo que se movimentava de forma sensual e grosseira. Provocante.

O vestido colado vermelho transbordava em formas, e os seios seguiam o compasso da música. O cabelo combinava com o resto, indo de um lado para o outro.
Aquele segundo pareceu durar muito mais do que realmente durara.

Zak, sem qualquer pudor olhou, imaginando todas as formas de sacanagem possíveis. Sentiu-se bem, como há muito não sentia. Ficou na mesma posição observando até que seu olhar cruzou com o de Judy.

Judy percebeu que alguém a observava. Não que o cara lhe agradasse. Mas nem por isso deixou de se insinuar. Seu corpo se contorcia ainda mais, indo e vindo. Luzes iluminavam seu colo suado. Não foi preciso que a garota fizesse mais nada.Quando tirou os olhos do homem que a olhava, alguém já lhe segurava pela cintura e cantava lindas palavras em seu ouvido:

-se continuar assim, arranco sua calçinha aqui mesmo.

O movimento foi rápido. Judy virou-se, e sem ver, deu um beijo quente no sujeito que lhe apalpava. As pessoas olhavam. Alguns reprovavam. Outros estavam constrangidos. Quando abriu os olhos, não entendeu nada:

-como você veio parar aqui?
-não importa. Vamos sair daqui - disse o homem

Zak puxou-a pelo braço. O delay de tempo incomodou Judy até que entraram no Caddilac 75.

continua...

Um comentário:

  1. Ótimo..
    já estou até linkando.

    toqueprofano.blogspot.com

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...