sábado, 11 de setembro de 2010

Cultura Suja - Uma folha de papel branco, nas mãos de Peter Callesen



Peter Callesen é um artista dinamarquês que se utiliza da arte japonesa do Kirigami ou Origami Arquitetônico, uma variação do origami que consiste em dobraduras e recortes de papeis que se transformam em monumentos de formas verdadeiras em 3D, variando sua escala, seja miniatura, tamanho natural ou gigante.


As obras de Callesen transformam a mídia mais usada em transporte de informação, a folha de papel A4, e retirando essas informações ele obtém um material branco e puro para mostrar a fragilidade do tema trágico e romântico que suas obras representam.


Callesen pensa que a folha de papel branco é um material que qualquer um pode se relacionar e que ela por si só é neutra e aberta para a criação, e sobre sua forma de trabalhar com esse material ele diz: “As esculturas de papel cortado exploram a transformação provável e mágica da simples folha de papel em figuras que se expandem para o espaço em torno deles".


Seu trabalho consiste na releitura de contos de fadas clássicos e associações à infância, os espaços onde o papel foi retirado se transformam, em sua maioria, sombras das esculturas. Exibindo nelas uma minúcia do real.



Callesen também gosta de usar humor e ironia em suas obras, mostrar um caminho entre o sonho e o real através de dobraduras, cortes e um pouco de cola. Peter Callesen possui um site onde se encontra tudo sobre seus trabalhos.

Acesse www.petercallesen.com, divirta-se com as imagens.

Confira mais:













Nane Doradinha

Um comentário:

  1. É incrível o que o talentopode fazer com uma folha de papel em branco!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...