terça-feira, 3 de maio de 2011

Contos Sujos - Parte 1 - Vingança


Ja havia sete dias que Loyd não conseguia se levantar da cama. Os remédios não faziam efeito mais. A febre não baixava e as dores tomavam conta de seu tórax. As contrações eram tão fortes que chegava a vomitar de tanta dor. O sangue escorria pelas fezes. Mesmo assim, a mantinha a garrafa de conhaque cheia ao lado da cama. A cada gole, parecia estar mais próximo da morte. E no fundo, era aquilo mesmo que ele queria.

Desde que Marie, sua namorada havia indo embora sua vida virou. Claro, junto com a mulher, todo seu dinheiro foi roubado do banco. Pouco havia lhe sobrado da fortuna que havia juntado durante quase toda a vida. Foi forçado a vender o apartamento, e o carro para conseguir sobreviver. Se entregou completamente as drogas e ao conhaque barato para afogar suas mágoas.

E o que mais lhe doía é que ainda gostava daquela vagabunda. E por isso bebia a ponto de ficar profundamente doente. Quase todos os dias, o único amigo que havia lhe sobrado ia ao apartamento para lhe levar remédios e mais algumas garrafas de conhaque. Eram quase cinco horas da tarde, quando a campanhia tocou. Loyd se levantou com dificuldade e abriu a porta. Um cheiro moribundo rapidamente se espalhou pelo corredor do apartamento.

Tod entrou no apartamento. Aquela cena, apesar de comum, continuava lhe assustando. E por isso havia decidido fazer algo. Naquele dia, ele não tinha nem remédios e nem conhaque.


Continua...

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...